Títulos


Autor: Caio Sérgio Paz de Barros

Livros

"O contraditório na CPI e no inquérito policial"

2a. edição AMPLIADA E REVISTA, onde o Professor aborda o tema da DELAÇÃO e DELAÇÃO PREMIADA

 

"O contraditório na CPI e no inquérito policial" 2a. edição ampliada 2019,

 

COMO MATEI MEU PAI - O DRAMA DE GIL RUGAI

Livro de CAIO SÉRGIO PAZ DE BARROS

Livro Caso Gil Rugai

- A Imprensa e o existente nos autos

- A realidade dos autos

- Excelente aula de processo penal àqueles que gostariam de aprender como funcionam:

Inquérito policial;
Ação penal;
Audiências;
Júri

- A Bíblia e alguns temas que a relacionam com o dia-a-dia.


PRÁTICA DE PROCESSO CIVIL

Manual de estruturação de petições por ex-Examinador da OAB

Livro de CAIO SÉRGIO PAZ DE BARROS

Livro Prática de Processo Civil

No livro Prática de Processo Civil, o autor sugere nova forma de peticionar, possivelmente utilizada pelos melhores Advogados do Brasil, PROFLIGANDO o ranço dos modelos antigos de petições a partir da obra de Flávio Luiz Yarshell, dessumindo de sua tese de Doutorado defendida em 1999, na Faculdade de Direito do Largo São Francisco – USP, enquanto descortinou a ATIPICIDADE das ações.

O Profissional do Direito tem de abandonar a forma de peticionar, tais como (ação): “de cobrança”; “indenizatória”; “dano moral”; “de despejo por falta de pagamento”; “lucros cessantes”; “acidente de veículo”; etc., dispondo que existem cinco tipos de ações no processo de conhecimento, sendo esses mencionados exemplos, ações condenatórias, todas, tirante a propalada “ação de despejo por falta de pagamento” que nutre a natureza jurídica de ação executiva lato sensu; assim como a separação judicial deve ser denominada: “ação constitutiva (negativa)”, nos moldes dos embargos do devedor, “rescisória”, revisão criminal, etc. Além de demonstrar a maneira moderna de peticionar, o autor estrutura petições iniciais, e recursos, considerando-se um radical fixo, ou seja, três subtítulos básicos existentes em todas as iniciais de Direito Processual, e, com esta formação essencial, insere subtítulos específicos a cada modelo de petição. É forma concisa e cristalina de peticionar, abandonando as enfadonhas peças com muitas laudas, facilita o trabalho de juízes, advogados, estagiários, estudantes, e, principalmente, às Bancas da OAB e nos concursos públicos.

Caio Sérgio Paz de Barros é Doutor em Direito Processual pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco – USP e possui SETE LIVROS publicados, descortinando o Direito Processual com muita didática.

Livro de Caio Sérgio Paz de Barros. Editora Paz Jurídica. Primeira edição 2002. Segunda tiragem 2005. Segunda edição 2006.

Valor de R$ 49,00 entrega grátis na Grande São Paulo.
A partir de maio, também nas CAASP Guarulhos; Vila Prudente; Tatuapé; São Caetano, Pinheiros e Lapa. EM AGOSTO, lançamento de “Prática processual penal”.


O CONTRADITÓRIO NA CPI E NO INQUÉRITO POLICIAL

Livro de CAIO SÉRGIO PAZ DE BARROS

Aborda temas polêmicos, asserindo que as investigações preliminares arrostadas ao INQUÉRITO POLICIAL devem ser executadas pela POLÍCIA JUDICIÁRIA. Aliás, desde 1999, mediante tese submetida à Banca de Doutoramento pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco – USP, PROFLIGOU a possibilidade de o Ministério Público investigar. 
O primeiro doutrinador a refutar as perquirições realizadas pelo Ministério Público e pela Polícia Militar, homenageando o inquérito policial. 
Ao Advogado militante, este descortino REFLETE EM SEU DIA-A-DIA; pois, nutre condições de anular atos de investigações iniciais.

Não bastasse, O DOUTRINADOR ENFRENTA o tema da DELAÇÃO (incriminação de comparsa) ADUZINDO QUE O ADVOGADO DO INCRIMINADO DEVE PARTICIPAR DO INTERROGATÓRIO DO DELATOR; pois, sem esta atuação efetiva, O ATO NÃO PRODUZ EFEITOS, podendo ser ANULADO em QUALQUER MOMENTO. O mesmo ocorre às investigações realizadas pelas CPI’s... O autor descortina o inquérito policial ao iniciante e ao Advogado experiente, enfrentando temas tormentosos, possibilitando que o bacharel atue mediante participação ativa nesta fase inicial da persecução penal.

Ao estudante, elucida questões, como: contraditório em cotejo com a contrariedade; sistemas processuais penais no mundo; INQUISITIVIDADE como regramento processual, etc. Obra de Caio Sérgio Paz de Barros, “O contraditório nas CPI’s e no INQUÉRITO POLICIAL”, pode ser adquirido por vinte e cinco reais (R$ 25,00), pelo site da EDITORA IOB-THOMSON, ou seja,
www.thomson.com.br.

A EDITORA PAZ JURÍDICA NÃO DISTRIBUI ESTE LIVRO ACERCA DO CONTRADITÓRIO NAS CPI’s e no INQUÉRITO POLICIAL.Também nas melhores livrarias jurídicas do País, mediante distribuição nacional, por exemplo: Livraria Jurídica – Rua Senador Feijó, 153 – Centro – São Paulo.


PROCEDIMENTOS PENAIS AO COMBATIVO BACHAREL

Livro de CAIO SÉRGIO PAZ DE BARROS

Mais uma vez o Professor Caio Sérgio Paz de Barros discorre a iniciantes, apresentando TODAS AS PEÇAS possíveis e recursos hábeis ao exercício da Advocacia Criminal. Muito didático, com modelos de peças e exemplos. As peças são estruturadas a partir de títulos fixos, inserindo outros próprios dos recursos apresentados. Tudo, considerando-se questões do dia-a-dia forense e PARA CONCURSOS e EXAME DA OAB.

Disponível somente em AGOSTO